Contra a inflação, bolívar venezuelano tem 5 zeros cortados

Para combater a inflação, a moeda da Venezuela passou por uma reconversão monetária aonde “perdeu” 5 zeros a partir de 20 de agosto de 2018.

Ou seja, a cédula que de 100.000 bolívares anterior passa a valer 1 bolívar (note que a cédula abaixo é de “100 mil”):

venezuela-100000-bolivares-anterior

Dinheiro venezuelano segue desvalorizado

Bolívar Venezuelano x Real

Segundo o Banco Central da Venezuela, em 15 de novembro de 2018, 17,92 bolívares soberanos venezuelanos vale 1 real brasileiro (67,21 bolívares soberanos valem 1 dólar americano), ou seja, a cédula de maior valor facial atual de 500 bolívares soberanos vale R$ 27,90.

Cabe lembrar que no passado recente o governo da Venezuela não admitiu em seu câmbio oficial a enorme desvalorização da moeda venezuelana.

As novas notas do bolívar venezuelano – 2018

8 novas cédulas e 2 moedas foram colocadas em circulação. O Banco Central da Venezuela divulgou a imagem das novas peças que os venezuelanos começaram a usar a partir de 20 de agosto de 2018:

venezuela-2-bolivares-soberanos-2018
venezuela-5-bolivares-soberanos-2018
venezuela-10-bolivares-soberanos-2018
venezuela-20-bolivares-soberanos-2018
venezuela-50-bolivares-soberanos-2018
venezuela-100-bolivares-soberanos-2018
venezuela-200-bolivares-soberanos-2018
venezuela-500-bolivares-soberanos-2018
venezuela-moedas-bolivares-soberanos-2018

Alguns comerciantes já estão trazendo cédulas de Bolívares Soberanos para coleção, confira em:

https://colecoes.mercadolivre.com.br/cedulas-moedas/cedulas/venezuela-bolivares-soberanos#D[A:venezuela%20bolivares%20soberanos,OC:MLB1949]

Confira nossa galeria de cédulas da Venezuela: https://cedulasestrangeiras.com/venezuela/

Para saber um pouco mais sobre a Venezuela

Ouça o PodCast 474 – La mano peluda, de Luciano Pires do Café Brasil, de 29/09/2015:
http://www.portalcafebrasil.com.br/podcasts/474-la-mano-peluda/

Avalie este artigo
Sending
User Review
5 (1 vote)

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *